. Perspectivas do turismo étnico pataxó após a pandemia serão discutidas em live

Perspectivas do turismo étnico pataxó após a pandemia serão discutidas em live

 
Foto: Divulgação


A situação do Covid-19 entre os indígenas no sul da Bahia e as perspectivas de desenvolvimento do turismo étnico pataxó serão discutidas em live que será transmitida no instagram @ingeluanda, nesta sexta-feira (29), às 15 horas,direto da Aldeia Reserva da Jaqueira, em Porto Seguro. Participam do debate a técnica de turismo étnico da Secretaria do Turismo do Estado da Bahia (Setur), Tâmara Azevedo, e representantes da comunidade, como o cacique Syratã e Juari Pataxó.

O encontro é uma articulação da Rede de Turismo Étnico, que realizou duas lives anteriores, uma em Alagoinhas e outra em Camaçari, envolvendo as comunidades afrodescendentes.

 
Foto: Divulgação


O projeto, segundo Tâmara, tem por objetivo trocar ideias sobre o período de pandemia e as expectativas para depois, reaquecendo estas redes de turismo. “No caso específico dos pataxós, eles também têm um novo produto para ser lançado agora, neste período, que está relacionado com o mundo digital e vão trazer muitas novidades”, antecipa ela. 

O objetivo também é refletir um pouco sobre como será no futuro a visitação na reserva e as possíveis precauções que deverão ser tomadas para, uma vez passada a pandemia, reativar as atividades do etnoturismo na área.

Uma das entrevistadas na live é Nitxynawã, integrante do Instituto Pataxó de Etnoturismo, que desenvolve uma série de atividades. “Ela também estará frente deste processo comigo, junto com a comunidade”, diz Tâmara. 


Postar um comentário

0 Comentários