. Casal que está junto há 40 anos, foi separado pela Covid, por 48 horas

Casal que está junto há 40 anos, foi separado pela Covid, por 48 horas

Fotos/vídeo: Marília Simões



O coronavírus é mesmo um invasor. Maria da Hora e Antônio, ambos com 72 anos, são moradores de Santo Antônio de Jesus, a cerca de 200km de Salvador, e estão juntos a quatro décadas. Eles não tiveram filhos, mas quando casaram, ela já tinha quatro que foram criados pelo casal, hoje, avós de nove netos. Família grande e amor maior ainda. Nunca tinham ficado distantes, até o maldito coronavírus, invasor indesejado pelo mundo, separou o casal.

Com sintomas da Covid, receberam atendimento em Santo Antônio de Jesus, no dia 15 de agosto, e foram transferidos, de ambulância, para o Hospital Espanhol, em Salvador. Seu Antônio chegou pela manhã, D. Maria da Hora, à noite. Ele foi para a Enfermaria 6C, no 6º andar, ela para a Enfermaria 4C, no 4º andar. 




E assim permaneceram, em leitos distantes, por dois dias. Até que vagou o leito 607, em frente, ao 604 de Seu Antônio e D. Maria foi transferida para ficar perto do marido. Eles voltaram a se encontrar, como vizinhos de leitos, já que mesmo para casais, não é permitida a internação de pacientes de gêneros diferentes, em uma mesma acomodação. 


Juntos novamente

A proximidade dos leitos, permitiu maior conforto emocional para o casal enfrentar junto, o tratamento da Covid e terem a possibilidade de fazer juntos algumas atividades da rotina hospitalar do HE. Como o passeio vespertino para assistir ao pôr do sol sob o mar, da varanda; as videochamadas para os filhos e netos e até a sessão de musicoterapia foi especial... com Seu Antônio cantando para a sua amada Maria da Hora.

Extrovertido e falador, ele não se deixou abater pela doença. Cativou a equipe do Hospital. Sempre cuidadoso e preocupado com a esposa. Contador de casos, deixava ela, mais tímida e reservada, com um leve sorriso no rosto, olhar de encantada e apaixonada... mas de pouco interagir.
“Ah... minha filha, isto aqui foi amor à primeira vista. Ela me disputou com uma comadre, mas eu só quis foi ela! É o meu amor”, declarou Seu Antônio. Ouvir isso, do marido, depois de 40 anos juntos, internados em um hospital, não tem Covid que resista. Xô Covid, que vença o amor!

E o amor ajudou a curar! No dia 19/8, ele teve alta e ela, no dia 20/8. Mais uma noite separados... e agora já estão juntos, descansando, em casa. Saúde para o casal! Sem Covid, com amor


Fotos/vídeo: Marília Simões






Marília Simões
DRT Ba 1474
71 99989 6677





Postar um comentário

0 Comentários