. Rapper baiano lança música abordando questões raciais

Rapper baiano lança música abordando questões raciais

O Rapper baiano Jaii Anjo, lança nesta sexta-feira (28), mais uma música de trabalho, que estará disponível nas plataformas digitais Youtube e Sua Música. A canção fala das questões raciais, dando ênfase ao racismo institucionalizado.

 

Foto divulgação

No youtube, a canção será lançada no canal Alta Frequência, que é um estúdio virtual com caráter social e que possibilita à artistas a gravação de seus trabalhos com a mesma qualidade sonora de uma forma mais acessível.

 

“Esse canal é um estúdio do amigo Lu Show e, que através de uma parceria, firmada também com o compositor e cantor Negresco, tem um cunho social. Através desta plataforma, muitos artistas conseguem produzir seus álbuns de forma mais profissional. Pra mim é uma honra fazer parte da família Alta Frequência”, declara Jaii Anjo.

 

Fire Man, fala sobre as lutas dos negros, que apesar de toda dificuldade encontrada na sociedade, é capaz de chegar ao topo. “O objetivo desta canção é apresentar nosso protesto, contra toda forma de opressão ao povo negro”, declara Jaii Anjo.


Ao longo da música o artista cita nomes de grandes revolucionários na luta contra o racismo em todo mundo, a exemplo de Malcom X, Mandela, Dandara, Marielle Franco, Mahatma Gandhi, mesclados com trechos de discursos de um dos maiores líderes negros da história da humanidade, Martin Luther King.

Fire Man, além de informar para a sociedade as referências da luta contra o racismo mostra iniciativas que incentivam a força dos negros. Quem escutar a música, também irá encontrar referências de empoderamento, solidariedade e acima de tudo o desejo de transformações através do protesto musical. “Essa música é um impacto social e estrutural, espero que muita gente se sinta representada e se emocione com essa composição”, conclui o rapper.

 

Foto divulgação

SOBRE JAII ANJO

Morador do Engenho Velho de Brotas, bairro bastante reconhecido em função de ser um polo musical e onde funcionou uma casa de engenho na época da escravidão, Jaii Anjo se inspirou neste contexto e vem daí a vontade de usar a música como ferramenta de transformações sociais e combate ao racismo.

O artista está na estrada musical do pagode baiano há quase duas décadas, atuando como músico, compositor e baccking vocal, com passagem em diversas bandas, tais como: Mega Demais, Pagode dos Artistas, dentre outras.

Depois de anos de estrada nessas funções, junto com irmão, primo e amigos, em meados de 2010, lança no mercado a Banda SOMDUBAUM, atuando como produtor artístico e musical.

Jaii Anjo, sempre teve um projeto pessoal de trabalhar com elementos do Hip Hop em suas canções e em 2020 iniciou sua carreira solo, atuando como Rapper, utilizando a música como ferramenta de defesa das questões sociais, e como forma de combate a todo tipo de discriminação.

 










Postar um comentário

0 Comentários