. Suposta filha de Silvio Santos consegue autorização de DNA na justiça

Suposta filha de Silvio Santos consegue autorização de DNA na justiça

 
Foto: Metrópoles / Web


O homem do Baú pode se tornar pai da filha de número sete, no auge dos seus 90 anos de vida. O que poderá definir essa informação será um exame de DNA já ordenado na justiça por meio de uma liminar concedida à decoradora e jovem senhora chamada Clemozeide Lundgren (70) que afirma a possibilidade de ser filha legítima do apresentador e dono do SBT Silvio Santos. Em entrevista ao colunista da Metrópoles Léo Dias publicado no dia 25 de agosto no You Tube, a ação corre em segredo de justiça há exatos 4 anos em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, e hoje o processo foi transferido para São Paulo. A assessoria de imprensa do apresentador não se manifestou sobre o assunto. 

Conforme relato, Clemozeide afirma na entrevista que Silvio Santos teve um caso de um ano com sua mãe que engravidou em Curitiba no ano de 1949 quando ainda era camelô, e de lá para cá, sua mãe não teve mais contato com Silvio Santos. Silvio não sabia que a mesma estava gestante, naquela época.

Em 1984, a mesma fez tentativas de fazer contato com o comunicador através de Moacir Franco, mas sem sucesso. Em 2016, através de um incentivo de sua filha que estuda advocacia, resolveu dar entrada no processo. Diante os fortes indícios, a justiça concedeu o direito de fazer o teste de DNA.

Emocionada, em um momento da entrevista Clemozeide informa que escreveu uma carta para o apresentador, e que supostamente havia chegado ao conhecimento de Silvio Santos: "Ele disse que eu deviria procurar a justiça e que se fosse pai, assumiria as responsabilidades." 

Vale ressaltar que é a quarta vez que surge uma suposta filha do apresentador, onde dois a justiça não concedeu a liminar e o outro caso foi feito um acordo na justiça. Sendo legitimada, a decoradora poderá estar frente a frente com o apresentador que é fã, e dando positivo, como a sétima filha do empresário e apresentador Silvio Santos.

Veja o vídeo:



Fonte: Metrópoles / Léo Dias

Postar um comentário

0 Comentários