. Indicada a prêmio internacional, cantora e compositora baiana fará shows temáticos on-line

Indicada a prêmio internacional, cantora e compositora baiana fará shows temáticos on-line



A cantora e compositora Aline Barr segue apostando alto na carreira durante a pandemia. Após ser finalista do 17º Festival de Música da Educadora FM com a composição autoral “Descabelada” e ter o clipe da canção, dirigido por Daniel Talento indicado para o LAMV - Los Angeles Music Vídeo Festival, concorrendo com artistas com Tulipa Ruiz e Gabriel O Pensador, a artista fará uma série shows on-line para celebrar o atual momento da carreira. “Depois de tanto sentir e produzir nessa quarentena, escolhi realizar uma série de quatro shows temáticos sobre assuntos relevantes e que são importantes pra mim e estou muito feliz por isso”, conta.

Os shows serão realizados entre os meses de setembro e dezembro, sempre às 20h. 

O primeiro, intitulado “Eu Vejo Você, Poeta” acontece no sábado (26) e fará uma reverência aos poetas e compositores brasileiros, homenageando a Bahia e interpretando canções de Dorival Caymmi, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Jorge Portugal, Roberto Mendes, Manuela Rodrigues entre outros. Os ingressos estão à venda no Sympla (https://linktr.ee/AlineBarr).

Em outubro ela apresenta “Eu me Safo”. “Nesses tempos é urgente falar de liberdade e amor homoafetivo entre mulheres”, explica adiantado um pouco do que vai apresentar no dia 31. O repertório será todo autoral, contemplando poemas de Safo, Elizabeth Bishop, Katia Borges, entre outras.

Dia 28 de novembro será a vez de “As voltas que a mente dá”, com um repertório com músicas de Jorge Mautner, Torquato Neto, Flaira Ferro, Dani Black, Milton Nascimento e Gilberto Gil. O show será um convite ao autodescobrimento. “Descobrir-se é viajar pelo caos interior e circular em muitas dimensões. Assim me vejo nessa quarentena que me permitiu encontrar no ato de compor uma forma de apaziguar minhas angústias. Compus a música ‘As voltas que a mente dá’ como reflexo de muitos sentimentos e o repertório transcende e conversa com essa energia” explica.

E para fechar a série a baiana apresenta Saravá Bien. “É uma saudação ao diálogo entre as culturas africana, francesa e brasileira. Depois de minha passagem por Burkina Faso, na África, onde vivi experiências intensas e por Paris, onde pude viver bons momentos como cantora, conclui que a arte transcende fronteiras e a música é uma língua universal”, avalia a artista. 

O espetáculo terá participação de dois músicos convidados, percussão e piano, para fortalecer os arranjos dessa mistura. O repertório conta com nomes como Lokua Kanza, Mayra Andrade, Tiganá Santana, Gil, Pierre Barouh, Henri Salvador e Nicola Son e o show acontece no dia 26 de dezembro.

E não para por aí. Enquanto ensaia para os shows e aguarda o resultado do LAMV - Los Angeles Music Video Festival, previsto para outubro, Aline Barr prepara um novo EP que será lançado nas plataformas de streaming até o final do ano.

Foto divulgação




Postar um comentário

0 Comentários