. Pela vida e contra o descaso do prefeito: servidores municipais realizam protesto na quinta-feira (17)

Pela vida e contra o descaso do prefeito: servidores municipais realizam protesto na quinta-feira (17)

Foto divulgação






Demandas reprimidas das diversas campanhas salariais dos últimos anos e falta de biossegurança para trabalhar na pandemia, além da demora na convocação dos novos concursados. Esses e outros motivos fazem parte da manifestação dos servidores municipais programada para a próxima quinta-feira (17), a partir de 10h, na Praça Municipal. Durante o ato, uma homenagem será feita aos colegas servidores vitimados pela Covid-19.

Com a participação das diversas entidades que representam os trabalhadores do serviço público municipal, o ato será um protesto contra o que tem sido considerado como descaso do prefeito de Salvador para com a categoria. As diversas reivindicações sem solução e legislações acerca de remunerações ainda não cumpridas causam prejuízos aos servidores municipais. A reforma da Previdência do Servidor aprovada de forma açodada pelos vereadores da base governista na Câmara Municipal e o risco da reforma administrativa proposta pelo governo Bolsonaro também estão na pauta. 

A diretoria do Sindseps - Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador está mobilizando os colegas nos diversos órgãos do serviço público da capital baiana. Para o diretor de Comunicação da entidade, Marcelo Rocha, o protesto será a oportunidade de questionar a falta de respeito protagonizada pelo Executivo Municipal. Segundo ele, além dos cortes salariais, a falta de biossegurança também causa danos. “Tivemos cortes de salários durante a pandemia. Não tivemos qualquer incremento salarial e a Prefeitura não mais atendeu nem mesmo para reuniões. Estamos trabalhando em prédios com riscos biológicos. Não temos testagens regulares para detectar a covid. Reagiremos diante do descaso e do perigo para nossas vidas”, apontou o sindicalista.

Por conta das medidas restritivas e sanitárias do período da pandemia, o protesto será organizado com distanciamento entre os participantes, estímulo ao uso de máscaras e higienização das mãos.



Postar um comentário

0 Comentários