. Projeto baiano de empreendedorismo social ganha reconhecimento nacionalmente

Projeto baiano de empreendedorismo social ganha reconhecimento nacionalmente

 

programa MAE – Mulheres-anjo empreendedoras, desenvolvido pelo Centro de Empreendedorismo e Inovação da UNIFACS com o Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional e Urbano e a Câmara da Mulher Empresária (CME/FECOMÉRCIO), acaba de ser reconhecido no prêmio nacional “Boas Práticas na Academia, realizado pela Ponte a Ponte e Aliança pelos Investimentos e Negócios de Impacto, em parceria com o Instituto de Cidadania Empresarial, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Britsh Council; o Instituto Humanize e o Itaú 


O MAE foi escolhido entre cerca de 60 projetos de impacto social de todo o país e ficou entre os cinco vencedores da premiação, que mapeia e busca dar visibilidade a experiências de ensino e extensão que contribuem para inserir as temáticas relacionadas aos investimentos e negócios de impacto nas instituições de ensino superior brasileiras. 


Projeto de extensão do Laboratório de Empreendedorismo Social (Labsocial) do CEI da universidade, a iniciativa promove o empreendedorismo feminino e comunitário disponibilizando formação em gestão a mulheres líderes comunitárias de sete bairros de Salvador e sete bairros de Simões Filho


Foto divulgação


 

Por meio do programa, essas mulheres recebem capacitações, cursos e mentorias individuais e coletivas sobre aspectos ligados, por exemplo, a elaboração de projetos, planos de negócios, mercado e inovação. O MAE visa também a formulação e implementação de uma política pública para apoiar o desenvolvimento do empreendedorismo feminino comunitário na cidade.  


Pelo destaque no Prêmio “Boas Práticas na Academia”, o programa vai receber, além de certificado e divulgação nacional, o valor de R$ 1.000,00 (mil reais) para investimento em suas próximas etapas de rodadas de negócio com as mulheres que receberam as capacitações. Em novembro, também participa do Fórum de Investimentos e Negócios de Impacto, em São Paulo.  


Tendo completado dois anos em agosto deste ano, integram a equipe do projeto os professores da UNIFACS Paulo Henrique Oliveira, Carolina Spínola, Patrícia Pastorialuna do Mestrado no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Urbano, Débora Lomba e a representante da Câmara da Mulher Empresária Rosemma Maluf. Além desse reconhecimento nacional agora, o MAE também faz parte da estratégia de resiliência de Salvador, plano municipal para pensar os desafios da cidade e do convívio urbano.  


Responsável pelo fomento e promoção da interlocução entre diferentes agentes, o Centro de Empreendedorismo e Inovação (CEI) da UNIFACS é a estrutura dinamizadora do ecossistema empreendedor dentro da universidade. Um dos seus eixos de trabalho é o Labsocial, que identifica e orienta projetos como o MAE e negócios de impacto social da comunidade interna e externa.  







Postar um comentário

0 Comentários