. Vinicius Cruz, da Bahia, mostra seu talento no Futebol Europeu com gol de placa na estreia

Vinicius Cruz, da Bahia, mostra seu talento no Futebol Europeu com gol de placa na estreia

 
 Foto: Janusz Pasieczny
                                                                 

O futebol é um esporte universal que agrada todo o mundo. E, assim como os adultos e veteranos do esporte, as crianças também curtem bastante, que de geração em geração se renovam o público e a paixão pelo time. A paixão é tamanha que muitos sonham em um dia se tornar um jogador profissional. E para o zagueiro e volante Marcus Vinícius da Cruz Espírito Santo, mais conhecido como Vinícius Cruz, não foi diferente. 

Nascido e criado por seus pais no bairro de São Rafael, em Salvador, de origem humilde iniciou sua carreira na Escola de Treinamento Recanto Das Ilhas, lá mesmo no bairro, e de lá nascia o desejo de se tornar um grande craque de bola.


 Foto: Janusz Pasieczny

Por se destacar em campo, Vinicius fez um teste no Clube do Vitória, mas não foi aprovado, e mesmo assim continuou a lutar pelos seus objetivos dentro do futebol jogando nos campeonatos que aconteciam nas escolas. Para Cruz, tornar esse desejo possível muitas dificuldades são enfrentadas pelas famílias dos pequenos jogadores. Distância e dinheiro são fatores que sempre falam mais alto, mas nunca foram motivos maiores para pensar em desistir da carreira.


Foto: Divulgação


Foto: Divulgação


Foi aí que pela segunda vez, entrou para o Clube de Divisão de Base (ABB), em Salvador, onde teve a primeira oportunidade de mostrar seu talento participando do campeonato Baiano Infantil. A partir daí, foi conhecendo outros clubes na sua trajetória como Vasco Salvador, Corinthians, Grêmio (Osasco), Camaçari, Botafogo da Paraíba, Lagarto (Sergipe), Cascavel (Paraná), e Tocantins (Araguacema).

“Fui para São Paulo, depois retornei para a Bahia no Juniores, e graças a Deus tive um bom desempenho.  Viajei o Brasil com o futebol, e sempre meu maior objetivo foi ajudar a família e ir em busca dos meus sonhos, e construir a minha história, e sempre fiz por onde até chegar aqui”, destaca o jogador.  

Mas, como toda profissão, existem seus momentos de altos e baixos, e Vinícius quase pensou em desistir no momento mais difícil da carreira: “Em 2015, fui campeão paranaense pelo Cascavel. Estava indo tudo bem, até que em janeiro de 2016, recebi um convite para jogar em um time da Coréia, e quando me preparava para nos treinos, acabei fraturando gravemente o tornozelo. Fiquei muito triste, e a princípio era caso de cirurgia. Mas, com muita fisioterapia e um tratamento intensivo, não foi preciso operar. Agradeço a Deus, porque pensei sim em desistir, mas o que me fortalecia era que nunca perdia as esperanças”.

Com o avanço da pandemia, Vinícius chegou a ficar desempregado, mas como bom homem e de muita fé, procurou cuidar do corpo e da mente, sempre acreditando que seria uma fase, e que o melhor estava por vir, e sempre confiante.

Fã de carteirinha do jogador do Juventus Football Club Cristiano Ronaldo, admira muito a história de vida do craque, e destaca: “Para se chegar em alto nível, não existe fórmula mágica, o segredo é treinar e se esforçar ao máximo para se tornar um grande e reconhecido jogador de futebol, e o Cristiano Ronaldo é um exemplo de ser humano e profissional”.
 
Atualmente na Polônia pelo time Olimpia Lewin Brzeski, Vinícius Cruz cravou na sua estreia com um gol de placa, e graças aos ensinamentos de seu terinador Sr Hélio, fez desse momento um verdadeiro marco na sua carreira internacional. Veja o vídeo!




Solteiro, com 28 anos de idade, o jogador destaca seu triunfo e a paixão pelo futebol: “Minha estreia na Europa foi com um gol, uma grande conquista na minha carreira. Hoje, me sinto realizado, graças a Deus. O que vier daqui para frente é lucro, é porque Deus proporcionou para minha vida, então só agradeço e glorifico sempre. Quero ter muitas histórias para contar para meus pais, filhos e netos”.

Vinicius deixa um recado para os leitores do portal Jack Comunica, e enfatiza: “Sempre sonhei em ser jogador, Deus realiza, mas tem que trabalhar e correr atrás dos seus sonhos. Estudar é essencial. Quem tem um sonho corra atrás, nunca desista, pois, para realizar só depende de cada um, e acredite sempre no seu potencial, que vai longe”. 


 
Foto: Divulgação


Postar um comentário

0 Comentários