. BAHIA: entre janeiro e julho deste ano, mercado de seguros devolveu mais de 1 bilhão de reais para a sociedade

BAHIA: entre janeiro e julho deste ano, mercado de seguros devolveu mais de 1 bilhão de reais para a sociedade


De acordo com os dados da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), entre os meses de janeiro e julho de 2020, o mercado baiano de seguros devolveu R$ 1.174,6 bi para a sociedade em indenizações, sinistros e benefícios. Os segmentos que registraram maiores índices de restituição foram: Automóvel - R$ 405,8 mi, Previdência - R$ 120,2 mi, Vida - R$ 64,5 mi e Rural - R$ 28,8 mi.

Foto divulgação



“A partir dos pagamentos dos segurados é feito um fundo de onde saem os recursos para os pagamentos dos sinistros, ou seja, o montante é reinjetado na economia local e contribui para o seu fortalecimento”, explica Alexandro Barbosa, presidente do Sindicato das Seguradoras da Bahia, Sergipe e Tocantins (Sindseg BA/SE/TO).

Nesse mesmo período o mercado de seguros registrou, no estado da Bahia, o equivalente a R$ 4.237,4 bi (quatro bilhões, duzentos e trinta e sete milhões e quatrocentos mil reais) em prêmios, incluindo segmentos como Automóvel, Pessoas (Vida, Prestamista, Viagem, etc.), Previdência Privada e Residencial. No levantamento realizado pela SUSEP não constam os segmentos de Saúde e Danos Pessoais causados por veículos automotores de via terrestre (DPVAT).

“Nesse momento de pandemia, por exemplo, com as pessoas trabalhando em casa, várias seguradoras incluíram a proteção de equipamentos de escritório no seguro residencial, o que deixa os consumidores mais tranquilos em caso de qualquer incidente. Foi uma oportunidade que se estabeleceu no mercado em um momento de crise e que vem contribuindo para o crescimento do nicho”, finaliza o presidente do Sindseg.





Postar um comentário

0 Comentários