. Cadê os ônibus prometidos em TAC com o Ministério Público e prefeitura?", questiona Marta Rodrigues

Cadê os ônibus prometidos em TAC com o Ministério Público e prefeitura?", questiona Marta Rodrigues

Foto divulgação



Líder do PT na Câmara Municipal de Salvador, a vereadora Marta Rodrigues criticou, mais uma vez, a recusa do prefeito em atender a recomendação do MP de recompor a frota de ônibus e citou que o gestor mostra total descaso ao também não entregar parte dos 250 ônibus prometidos em Termo de Ajustamento de Conduta  (TAC) com a instituição até o final deste ano. “Enquanto isso, a prefeitura investiu quase R$ 1 bilhão num BRT sem funcionalidade, que sequer ficou pronto, e o transporte público, os ônibus, não estão sendo entregues à população. Cadê os ônibus do BRT, Neto?”, questiona a edil.

Segundo a vereadora, a atual gestão municipal mostrou que desde o início sempre priorizaria o bem estar de quem usa o carro, distorcendo o real conceito de mobilidade urbana, e deixando passageiros e pedestres com a precariedade de sempre do transporte público urbano. 

“Recentemente, a promotora Rita Tourinho cobrou ao consórcio Integra como vai cumprir a entrega de 250 ônibus novos até o final deste ano conforme acertado no TAC. Não estamos vendo sequer a recomposição total da frota existente, que dirá resposta sobre o questionamento do MP por parte da prefeitura, Neto vai gastando a verba pública com viadutos, priorizando o transporte individual, enquanto a população usuária do sistema passa dificuldades”, declarou.

A vereadora lembra que, além das concessionárias não pagarem outorga de concessão,  ainda ganharam uma isenção de ISS de cerca de R$ 300 milhões, sob a justificativa de que só assim poderia melhorar o serviço. “Isso foi em 2019. Um ano depois, não vimos nenhuma melhora, o que vai nos mostrando que o interesse da prefeitura não é para atender a população que necessita de transporte público de qualidade”, disse.
--
Assessoria de Comunicação - Vereadora Marta Rodrigues (PT)





Postar um comentário

0 Comentários